Logo
LogoInícioPor profissionaisQuem é Wefight ?
Brasil
Português
Ver todos os artigos

Como posso falar sobre dificuldades sexuais num relacionamento?

ACONSELHAMENTO

Por: Vik

Há cerca de 1 ano

"A sexualidade pode acabar sendo afetada quando se convive com uma doença crônica. Antes de encontrar soluções específicas para estes problemas, é recomendado que haja comunicação entre os parceiros. Não guarde essa dificuldade para si! Seu parceiro ou parceira não irá julgar você por não querer ter relações sexuais se entender o que está acontecendo. Infelizmente, a sexualidade continua sendo um tabu na nossa sociedade, mas não precisa ser dentro da relação!

Lembre-se que o fato de não sentir vontade de fazer sexo neste momento, não significa que os sentimentos pela pessoa tenham mudado, correto?

A questão é que ele ou ela não vão saber o que você não compartilhar. 😊

Aqui estão algumas dicas:

  • Comece afirmando seu amor pela pessoa, que você é feliz com ela. Que mesmo sentindo menos vontade de fazer sexo, isso não significa que os seus sentimentos mudaram.
  • Explique o que está acontecendo: a perda do desejo sexual, a dor durante o gozo, a dificuldade de ereção, o cansaço que é excessivo, etc.
  • Sugira algumas mudanças. Pode ser que você tenha necessidade de contato físico e de afeto, mas sem necessariamente uma relação que envolva penetração naquele momento.
  • Pergunte também como a pessoa se sente. Uma vez tendo verbalizado, vocês poderão descobrir juntos a melhor maneira para lidar com a situação. Se não for possível, vocês podem consultar juntos um sexólogo!

Se você acha que não consegue se expressar através da conversa, recomendo que você escreva o que deseja falar. Faça uma carta seguindo os conselhos que acabei de dar. Uma vez escrita, você pode entregá-la no melhor momento, até mesmo sem estar necessariamente presente."

Sébastien Landry, Psicossexólogo.

Todos os artigos

ACONSELHAMENTO

Como controlar a fadiga através da atividade física?

A fadiga é o sintoma mais comum experimentado pelos pacientes. Felizmente, existem soluções para melhor conviver com ela, nomeadamente a prática regular de uma atividade física adequada.

ACONSELHAMENTO

5 coisas que você não sabia sobre o Vik!

Vik répond à tes questions sur ta pathologie 24h/7j grâce à l'intelligence artificielle

Você sabia que o Vik é uma inteligência artificial que funciona por meio de profissionais de saúde e pacientes?

ACONSELHAMENTO

“Você olhou para mim, eu não pareço nada com essa doença”

As patologias crônicas em alguns casos têm repercussões físicas mais ou menos visíveis. Elas também podem impactar a autoimagem e a forma como o paciente se vê.

ACONSELHAMENTO

4 dicas para controlar seu peso com uma doença crônica

Certas doenças têm uma grande influência no ganho ou perda de peso. Então, para gerenciar melhor seu peso com sua doença crônica, aqui estão minhas 4 dicas!

ACONSELHAMENTO

Cultive o relacionamento com seu médico

O anúncio do seu diagnóstico é um momento entre você e seu médico, o nascimento de um novo relacionamento. Estabelece-se uma relação de ajuda mútua para a realização do cuidado que você precisa.

ACONSELHAMENTO

Como se preparar para uma viagem tendo uma doença?

Se estou doente ou saudável, viajar sempre foi minha prioridade. Vivendo com eczema (e asma), deixei um pouco “da minha pele” em diferentes lugares: Sicília, Malta, Costa Rica, Espanha, Holanda.